Cachorra menstruada: o que fazer e como lidar com o pet

Michele Sandrault

Por Michele Sandrault

Cachorra menstruada: saiba o quer fazer neste caso

Cachorra menstruada: saiba o que fazer

Se você é dono de primeira viagem de uma cachorra fêmea, já pode ter passado por isso: um dia, sua cachorra está com o comportamento um pouco diferente e, quando você vê, ela está sangrando. Muita gente fica preocupada, achando que esse sangue pode ter saído de algum machucado. Já outras pessoas sabem que isso não é um machucado, acreditando que a cachorra está menstruada. Mas será que as cachorras, assim como as mulheres, passam por essa fase?

Na verdade, se isso já aconteceu com a sua cachorra fêmea, não precisa ficar preocupado porque  é muito normal. Sua cachorra não está machucada, mas também não está menstruada. O que está acontecendo com sua cadela é que ela está se preparando para entrar no cio, a fase fértil de seu ciclo reprodutivo. O ciclo das cachorras é bem diferente do ciclo das mulheres, mas quando ele se inicia, tem o mesmo significado: que sua cachorra agora está madura sexualmente e já pode procriar. Para entender melhor o que acontece com sua cadela durante esse ciclo, iremos explicar melhor como o cio acontece e dar dicas de como lidar com sua ela nesta fase. Inclusive, temos um outro artigo aqui no blog que explica em detalhes como lidar com uma cadela no cio.

Cachorra menstruada? Não, entrando no cio!

O primeiro cio das cachorras indica que o ciclo sexual delas teve início, ou seja, elas já podem engravidar. Apesar de ser muito comparada com a menstruação feminina, o cio tem algumas particularidades: a cachorra só pode engravidar enquanto está nesta fase e, diferente da menstruação, o cio não ocorre em ciclos mensais, e sim em períodos que podem variar entre 6 e 8 meses.

A idade em que a cachorra “menstrua” pela primeira vez varia muito e pode depender da sua raça e genética. Geralmente as cachorras têm o seu primeiro cio entre 7 e 10 meses de idade, mas em algumas raças (principalmente de porte grande), isso pode acontecer quando a cadela está com mais de um ano.

É possível perceber que sua cachorra está prestes a entrar no cio: além de sua vulva inchar e ficar com uma coloração mais escura e o sangramento, que ocorre nos os dias anteriores ao que ela irá, de fato entrar no cio. Ela também pode ter algumas alterações comportamentais: muitos donos relatam que a cachorra fica mais manhosa ou até mesmo mais agressiva, e isso pode variar de cachorra pra cachorra.

Se a fêmea nesta fase tem contato com cachorros machos, é comum que eles cheirem suas partes genitais com uma frequência maior e que fiquem mais próximos, latindo para ela. Principalmente no primeiro cio, tenha o cuidado de não expor sua cachorra para muitos cães estranhos, pois eles serão atraídos pelo cheiro que ela exala nesta fase, a consequência pode ser desde um acasalamento indesejado até uma briga.

Assim como as mulheres possuem o ciclo menstrual, as cachorras possuem seu próprio ciclo, chamado de ciclo estral. Dependendo da raça e porte de sua cachorra, ela terá 1 ou 2 ciclos estrais por ano até atingir idade avançada. Iremos explicar melhor as fases deste ciclo para vocês a seguir.

Ciclo estral

Primeira fase: proestro

A primeira fase do ciclo estral das cachorras é o proestro. Ela dura em média 10 dias e é quando achamos a cachorra menstruada, pois é a etapa na qual sua região vaginal está inchada e apresentando sangramento. Nessa fase a cachorra rejeita o macho, pois seu corpo ainda está se preparando para uma suposta gravidez.

Segunda fase: o cio

É apenas depois do proestro que acontece o cio propriamente dito. Nesta fase, o corpo da cachorra está preparado para gerar um filhote e, por isso, se o intuito não é esse, é importante não deixar a cachorra perto de machos não castrados. Durante o cio a cachorra estará ovulando e são maiores as chances de ela aceitar o macho em uma tentativa de aproximação.

Terceira fase: diestro

Durante até 70 dias após o cio, a cachorra estando grávida ou não, acontecerão diversas mudanças hormonais no corpo dela. O início do diestro é marcado pela normalização da região vaginal da cachorra e da recusa por machos e a duração desta fase poderá ser menor, no caso de cadelas grávidas. Nesta fase podem ocorrer também as gestações psicológicas, que é quando a cachorra age como estivesse grávida, podendo até “adotar” brinquedos como se fossem seus filhotes.

Quarta fase: anestro

A fase final do ciclo estral das cachorras é uma etapa na qual os hormônios ficam mais estáveis e é a fase mais duradoura, podendo ter de 3 até 10 meses de duração. O comportamento da cadela volta ao normal e o corpo dela, aos poucos, se prepara para o início do próximo ciclo. Se houver gravidez, o anestro acontece depois do parto, quando o útero vai voltar ao seu formato inicial.

Como lidar com sua cachorra menstruada?

Por ser um período cheio de mudanças hormonais, é preciso ter alguns cuidados especiais com as cachorras durante o proestro. Ela estará mais sensível neste período, por isso, dê atenção e carinho a ela e tente evitar que ela passe por situações de estresse. Por isso, não é recomendado sair na rua com ela para longos passeios, principalmente pelo inconveniente de encontrar outros cachorros no caminho.

Para a higiene de sua cachorra, hoje existem fraldas absorventes que são próprias para cachorras usarem durante o proestro. O uso delas é recomendado principalmente se a cadela fica dentro de casa, para que não ocorram manchas indesejadas.

Depois do primeiro cio, se você não tem interesse em acasalar sua cachorra, você já pode considerar a castração como uma opção. A castração é uma maneira eficiente e segura de evitar a gestação da sua cadela e também doenças como a piometra. Porém, se a ideia é colocar a cachorra para acasalar, é recomendado que não seja logo no primeiro cio – nem sempre a cachorra está totalmente preparada para ter uma gravidez tranquila.

Informações, como estas, sobre a fisiologia e a vida dos nossos pets são muito importantes para podermos compreender e interpretar melhor as situações que lidamos com eles. E se você gostou deste artigo, se inscreva em nossa newsletter para receber mais conteúdos desse tipo.

Cachorros de raça e pedigree
BAIXE GRÁTIS NOSSO EBOOK: MEU PRIMEIRO CACHORRO!

Tudo que você precisa saber sobre seu mais novo amigo em um só lugar. Dicas de cuidados gerais, saúde, higiene do pet.

DOWNLOAD DO EBOOK GRÁTIS